ATA 23/01/2018

     O Presidente Hans Neus iniciou a reunião às 14h30 na sala de reuniões no prédio do Centro de Convivência e Fortalecimento de Vínculos da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos de Paraty, localizado a Rua José do Patrocínio no bairro Ilha das Cobras, com 14 participantes, sendo 8 representações. Após dar boas vindas e agradecer aos presentes, solicitou a aprovação da ata de dezembro, aprovada por unanimidade.
     Hans seguiu no primeiro tópico da pauta do dia e passou a palavra para a Secretária de Cultura Cristina Maseda fazer uma apresentação sobre os próximos passos para Paraty como Cidade Criativa da UNESCO pela Gastronomia. Cristina detalhou o Programa e descreveu o processo desenvolvido até a titulação e inserção na rede internacional. Explicou que a categoria selecionada foi gastronomia por ser esta a maior cadeia produtiva identificada em Paraty, bem como a que tem maior potencial econômico. Atualmente, no total, 170 cidades integram essa rede, e a chamada para novas inserções é a cada dois anos. No Brasil temos 7 cidades até momento, sendo que cada país pode ter até 3 cidades por categoria e Paraty garantiu a terceira vaga pela gastronomia, compondo com Belém e Florianópolis. Detalhou que os próximos passos são a inserção local de estabelecimentos e empreendedores em uma rede de articulação e o estabelecimento de estratégias de comunicação e marketing elaboradas por uma equipe técnica. A Secretária finalizou concluindo que a entrada de Paraty nesse circuito internacional abre porta para políticas públicas e parcerias e possibilita uma visibilidade mundial. Apresentou ainda um cronograma de encontros institucionais para 2018, dos quais participará representando nosso município. Esse título é reavaliado a cada quatro anos pela UNESCO. Segue no anexo 2 o dossiê premiado de Paraty e no anexo 3 o Plano de Ação 2018-2021.
     O Presidente retomou a palavra e apresentou a proposta de Agenda para 2018, de acordo com slides a seguir:

     Seguindo na pauta, Marco Antonio apresentou resultados do Ticket Paraty em 2017, com os seguintes dados e proposições para 2018:

     Seguiu-se um debate entre os presentes sobre as condições, problemáticas e possíveis soluções para esse importante setor. O Secretário de Turismo Gabriel Costa confirmou a renovação do convênio do Ticket Paraty no cais, com as adequações necessárias identificadas pelo trade, como por exemplo, a empresa receber a taxa de R$3 e fazer o repasse desse valo à Prefeitura diretamente para o Funturismo. E também detalhou as ações de fiscalização que tem ocorrido no cais e em outros pontos estratégicos.
     Finalizando a reunião, Andre do GT Hospedagem explicitou o conflito legal existente entre a legislação federal vigente e o sistema CADASTUR, e que o grupo segue trabalhando em uma proposta municipal para o ordenamento nesse setor.
     A reunião encerrou-se 17h. Registro de Ata por Laíse Costa e revisão por Maria Helena Mueller.

Anexo 1: Lista de presença

Nenhum comentário:

Postar um comentário