O Conselho de Turismo COMTUR PARATY, Lei Municipal 1920/2013, é um órgão consultivo e deliberativo das políticas públicas de turismo, vinculado à Secretaria Municipal de Turismo. Dentre suas principais finalidades, destacam-se:

-> Responsabilizar-se por propor diretrizes e por oferecer subsídios para a formulação e implantação das Políticas Públicas de Turismo de Paraty, e acompanhar as ações necessárias à sua implementação;
-> Analisar e propor à Administração Municipal normas que contribuam para a produção e adequação de legislação turística e correlata, visando a defesa do consumidor e a qualidade do Turismo Municipal, em colaboração com os demais organismos públicos e privados envolvidos;
-> Apoiar as comunidades tradicionais na sua estruturação como atrativos legítimos do turismo cultural e de base comunitária, compartilhando seus saberes e fazeres, enfatizando o respeito às tradições, costumes e crenças;
-> Trabalhar em prol da integração e produtividade de toda a cadeia produtiva da atividade turística;
-> Zelar para que o desenvolvimento da atividade turística no município se faça sob a égide da ética e da sustentabilidade ambiental, social, cultural, econômica e política.

ATA 18/05/17

   O Secretário de Turismo Gabriel Ramos Costa iniciou a reunião de 18/05/2017 às 14h30 no auditório da Guarda Municipal com 17 participantes. Após dar boas vindas aos presentes, pediu desculpas pela portaria com a nomeação do Conselho não ter sido publicada ainda, justificando a dificuldade pela instabilidade política do cenário atual. Explicou a situação do afastamento do Prefeito Casé, afirmando que já entraram com pedido de mandado de segurança, e vão recorrer em Brasília, mas por enquanto o Presidente da Câmara de Vereadores Santos Coquinho assumiu a prefeitura.
   Sandrine falou sobre a Rede de Cidades Criativas da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), e seu trabalho para a Secretaria Municipal de Cultura no objetivo de inscrever Paraty.
   Houve um questionamento à SecTur sobre o mobiliário do centro de Informações Turísticas CIT’s, o qual foi adquirido com recursos do Funturismo, e o Secretário respondeu que nem tudo o previsto foi comprado, pois havia o antigo balcão de madeira de lei que não estava sendo utilizado e poderia ser reaproveitado, economizando recursos e otimizando o trabalho. E também explicou que os bens permanentes que fazem parte do arrolamento da Secretaria de Turismo podem ser distribuídos pelos prédios do departamento conforme a demanda prática, e foi o que ocorreu. Também esclareceu que os televisores estão guardados, pois a Secretaria lançou o Programa Vitrine das Artes visando aproveitar o espaço do CIT’s e dar maior visibilidade aos artistas locais, visto Paraty ter por principal vocação o Turismo Cultural, e para esse Programa foi aberto edital de convocatória para 2017/18.
   A reunião encerrou-se 16h35. Ata redigida e finalizada por Laíse Costa.

Anexo 1: lista de presença